Inserção Social

O PPGG tem impactado fortemente na formação de recursos humanos da área de Geociências, especialmente para o setor público, tanto multiplicadores quanto aplicadores de conhecimentos especializados. Sob essa perspectiva e com base nas métricas do item acima, observou-se que 39 atuam em universidades públicas ou institutos federais de educação, 12 em instituições de ensino superior privadas, 56 em empresas ou órgãos da administração pública, 21 em empresas privadas, 13 em escolas de ensino fundamental e médio.

Uma ação de destaque, como proposta inovadora de ensino, conjuga ensino-pesquisa-extensão através do casamento de um projeto de pesquisa com um de extensão. De um total de 36 projetos cadastrados, também se considera como fatores que contribuem para a inserção social a quantidade de projetos por categoria de viés social e as áreas geográficas abrangidas por esses projetos.

Foram desenvolvidos 17 projetos em mapeamento básico, prospecção e caracterização de depósitos minerais; 8 em recuperação de áreas degradadas e preservação do meio ambiente; 6 em prospecção, caracterização e preservação de recursos hídricos; 2 em prospecção e caracterização de recursos energéticos; 2 em estudo e preservação de fósseis e depósitos fossilíferos, e; 1 em educação através da popularização da ciência.

Em termos de áreas geográficas de atuação, tem-se: 7 no estado do Ceará como um Todo; 6 no leste do Ceará e oeste do Rio Grande do Norte; 5 na Região Metropolitana de Fortaleza; 5 na Zona Costeira e Margem Continental do Ceará; 4 no oeste do Ceará e leste do Piauí; 4 no Ceará central; 3 no Cariri Cearense (Geopark Araripe), e; 2 em outros estados isolados (Espírito Santo e Paraíba).