Egressos

O perfil esperado dos egressos do programa corresponde a profissionais que possam atuar basicamente na geração, disseminação e aplicação de conhecimentos geocientíficos em atendimento às demandas da sociedade. Assim, tem-se dois perfis genéricos:

1-Ensino e pesquisa em geociências, formando recursos humanos de qualidade e produzindo conhecimentos inovadores e relevantes, tanto para a academia quanto para a sociedade.
2-Atuação técnica em instituições públicas e empresas privadas, contribuindo para o desenvolvimento e bem-estar socioeconômico. Como será visto no item 8, dentre todos 199 egressos do programa, 161 (81%) responderam à levantamentos via internet, foram entrevistados pessoalmente ou pesquisados principalmente pelo currículo Lattes.

Dentro da amostra de 163 egressos, aproximadamente metade (50,3%) atua em ensino e pesquisa em geociências (incluindo alunos de pós-graduação e professores de ensino básico) e outro grupo majoritário (47,8%) tem atuação técnica em instituições públicas e privadas, o que enfatiza o cumprimento do objetivo quanto à formação de egressos. Os egressos também tiveram participação relativamente importante na produção bibliográfica do quadriênio, com 63 deles aparecendo como primeiros autores ou coautores de trabalhos em anais e artigos em periódicos. Considerando que a quantidade total de produtos bibliográficos é de 367 para o período 2013 a 2016, a quantidade acima perfaz 17%. Tal percentual é significativo, levando-se em conta que a porção de produções do quadriênio com participação discente é de cerca de 56%.

Uma interpretação possível é que os discentes estão se esforçando (e sendo estimulados) para publicar mais enquanto ainda estão vinculados ao programa, fruto de toda uma ingerência da coordenação nesse sentido (por exemplo: conteúdo de Redação Científica oferecido em disciplinas no grupo dos “Tópicos Especiais”, exigência de, no mínimo, uma publicação aceita B4 em Geociências para ingresso no doutorado) e das próprias pressões por publicação geradas pelo sistema da pós-graduação brasileira.